domingo, 18 de abril de 2010

Cabo Ledo


Fui para a praia de Cabo Ledo.
Uma praia bonita, com muita água e muito sol, tirei algumas fotos.
Depois de uma bela manhã de molho dentro de água fomos almoçar umas lagostas, um pargo grelhado, umas cervejas e três horas a almoçar.
Três horas? ... será que comemos muito? ... será que comemos devagar pois havia muita conversa?
Nada disso.
Mal chegámos à praia tratámos de reservar almoço, duas lagostas para cada um.
Um pouco antes do meio dia vamos para a mesa que está reservada... passados uns dez minutos aparecem-nos as lagostas à frente... era só uma e meia pois ali não era vendida à peça mas sim à dose que era de apenas uma e meia. Como ficámos com alguma fomeca pedimos para trazer um peixito grelhado e dois pratos pois iríamos dividi-lo.
Até aqui muito bem... esperámos e vimos o pessoal na praia ir à água, voltar, secar, ir à água de novo, secar de novo, voltar à água... o peixe demorou mais de hora e meia para chegar e o rapaz que nos atendia não aparecia em lado nenhum nem para lhe pedirmos uma cervejola.
Depois de apanharmos uma grande seca o peixe aparece mas vem apenas num prato, 'Olha, traz dois pratinhos se faz favor que é para dividirmos o peixe e traz também duas cervejas geladinhas'. Enquanto esperávamos lembrei-me e disse para o meu colega, 'eh pá se calhar devíamos ter dito ao rapaz para trazer também garfo e faca, de certeza que ele vai aparecer aqui só com os pratos'. E foi? ... Não ... passados uns cinco minutos apareceu com duas cervejas, o meu colega diz 'Olha, traz os pratos por favor que é para comermos o peixe' e eu acrescento 'e traz também faca e garfo'. Passados dois ou três minutos aparece o rapaz com duas facas e dois garfos, 'Olha, mas traz os pratinhos para podermos comer, por favor'... tudo isto  com um enxame de moscas esfomeadas a cobiçarem o nosso peixe e algumas mais afoitas que se esgueiraram por entre as nossas 'mãos sacudidoras' a conseguirem prová-lo mesmo antes de nós.
O rapaz lá acabou por trazer os pratos mas foi já depois de eu ter desesperado e me ter levantado para ir à cozinha buscar os pratos.

Daqui até Cabo Ledo há centenas de quilómetros de praias completamente desertas.


Até outro dia,
Bernardo.